Um artigo do Eletro Críticas: 

Kindle vale a pena? Saiba tudo sobre o aparelho de leitura.

Quer saber se compensa comprar um Kindle da Amazon para ler? Confira minha análise sobre o livro, após mais de 05 anos com diferentes modelos.

Você gosta de ler?

Sabia que tem um jeito mais moderno que abrir um livro e começar a lê-lo?

Existe um dispositivo bem interessante chamado “Kindle” que pode armazenar vários livros em uma lista para você lê-los a vontade e aonde quiser!

Muita gente tem enviado sua dúvida para o Eletro Críticas para nos perguntar se ele é bom, ou se vale a pena.

Respondendo à pergunta: sim, o Kindle é um aparelho da Amazon que existe a mais de 10 anos, e é famoso pelo mundo inteiro, sendo uma excelente ferramente de leitura. Nele é possível colocar milhares de livros digitais, além de possuir vantagens, como ser possível ler embaixo do sol, ser leve e barato.

Comprar Kindle com desconto!

Se você não conhecia ou já tinha ouvido falar, mas nunca viu um na sua frente, montamos esse informativo artigo para apresentá-lo a essa tecnologia da leitura que você vai adorar!

Se você ainda tem alguma dúvida, o Eletro Críticas está aqui para te ajudar.

Continue lendo e tire todas as suas dúvidas sobre o aparelho, desde para que funciona, e como usar. Você pode continuar no texto, ou usar o menu abaixo para ir direto ao que interessa.

Vale a pena comprar Kindle? (Minha experiência)

Antes de entrarmos na discussão sobre o eletrônico, suas especificações técnicas, o que ele faz, o que é um Kindle e curiosidades, quero falar para vocês diretamente qual foi minha experiência com um destes leitores digitais.

Um não, na verdade, três.

Comprei o meu primeiro em 2015, logo antes de fazer uma longa viagem. Imaginei que ter algumas dezenas de livros a minha disposição, sem ter que me preocupar com volume, iria ajudar nas horas em carros e aviões.

E adivinhe? Ajudou muito.

Ao comprar ele na Amazon e receber em casa, já tratei de comprar alguns livros e de pegar alguns gratuitos que a empresa oferece. Normalmente estes livros são em média 40% mais baratos que seus modelos tradicionais, o que já me economizou bastante.

Porém, a maior vantagem foi quando começou a viagem e eu estava lendo uma notícia de um jornal, que falava sobre uma escritora e seu livro.

Naquele momento, me dirigi ao site da Amazon, procurei o livro e comprei. Rapidamente conectei o Kindle ao Wi-Fi do meu celular, e ele já estava pronto para ler. Simples assim.

Se você tiver dúvidas de como configurar, confira esse guia do Android Pit.

Sobre a tela:

Quem gosta de ler sabe, uma iluminação forte é ótimo para ler seu livro em cópia física, porém péssimo para ler em seu celular e tablet.

Isso se dá, pelo tipo de tela que nossos aparelhos possuem, sendo ofuscados pela iluminação externa, e tornando quase impossível de enxergar em baixo do sol, por exemplo.

É exatamente aqui que comecei a amar meu Kindle.

telas diferentes entre kindle e tablet
Você pode ver claramente a diferença entre cada uma sobre o sol. (A esquerda um tablet, a direita o Kindle, foto: Amazon.com.br)

Como ele possui tela de tinta digital, ela se comporta exatamente como um livro, quanto mais iluminação externa, melhor.

E no escuro?

Bem, hoje basta você ligar a iluminação externa que todo Kindle possuem, o que infelizmente na época que comprei apenas os mais caros tinham.

Sobre a Bateria:

Com sua bateria que dura até 4 semanas, usando uma hora por dia (minha média de leitura), só de não ter que me preocupar com mais um aparelho para carregar, já é uma excelente notícia.

Mais um ponto para o tipo de tela que a Amazon escolheu para o Kindle.

Ela só gasta energia quando mechemos nela, já que se trata de uma “tinta” que se reordena quando movemos uma página por exemplo.

Isso até causa certa estranheza, já que quando ele descarrega, as pessoas pensam que a tela ainda está ligada, quando, na verdade está totalmente desligado.

Ponto extra para o Kindle aqui.

Mas vamos ao que importa.

kindle vs livro
Qual será que ganha a parada? (Foto: Eletrocriticas.com)

É melhor que um livro?

Sim e não, já que depende muito da necessidade de cada pessoa na hora de pensar em comprar um Kindle. Sendo excepcional na praticidade e armazenamento, você pode carregar milhares de livros sem peso e gastando menos, porém perde porque um livro físico te dá uma experiência diferente que já estamos habituados.

Resumindo, vai depender muito da sua necessidade e de gostos, porém durantes os anos, tenho convencido até os leitores mais tradicionais a se renderem a sua praticidade após certo tempo de uso.

A minha opinião final é que sim, já que hoje leio mais do que nunca, e raramente sinto a necessidade ter uma cópia física de algum livro, já que gasto menos no Kindle e compro e recebo o livro na hora que quiser, sem ter que ir em lojas ou esperar pelos correios.

Claro, minha opinião final é baseado em minhas experiências, por isso analise bem, leia o texto do artigo e veja mais no artigo que nossa equipe do Eletro Críticas fizemos para você.

Dica: Quer ler análises de outros produtos? Confira nossos guias.

O que é o Kindle?

O dispositivo Kindle é o principal leitor digital (ou e-reader) que está a venda no Brasil pela Amazon, nele é possível ler livros, revistas em quadrinhos, noticias e jornais, com a vantagem que tem uma tela de tinta liquida, onde é possível utilizar mesmo com sol forte, além de transportar mais de 1,100 livros de forma prática.

E-reader é o leitor de livros digitais, um pequeno dispositivo que tem como função principal mostrar em uma tela o conteúdo de livros digitais e outras formas de mídia digital para leitura.

Ele é dividido em três modelos: Kindle, Kindle Paperwhite e Kindle Oasis.

Esse dispositivo tem a tela de tinta liquida (e-ink), que oferecem uma leitura menos cansativa.

As telas de e-ink são formadas por milhares de esferas microscópicas magnetizadas (brancas e pretas), dentro de milhares de cápsulas em uma superfície oleosa, que se reajustam conforme necessário, facilitando a leitura em local com forte iluminação, além de gastar bem menos energia.

De acordo com a polaridade do pedaço da tela, as esferas brancas ou pretas ficam aparentes, desenhando assim, textos e imagens.

Ou seja, é uma tecnologia que simula um tipo de papel impresso, mostrando a página do livro como um tipo de tinta eletrônica, pois o display é monocrático (diferente de celulares e tablets, por exemplo).

Você não precisará acender a luz do seu quarto ou abajur para ler os livros no seu Kindle e, ainda por cima, a luz própria do Kindle não cansa as vistas e evita o reflexo da luz mesmo sob o sol.

O Kindle é um dispositivo completo, afinal de contas, você não vai sentir falta dos marcadores de textos porque ele mesmo possui a opção de marcar trecho nas páginas dos livros.

Fora a sua bateria que pode durar por até seis semanas!

A bateria é um dos destaques do Kindle, pois os modelos mais recentes promete uma duração de mais de seis semanas (claro que com o uso moderado).

Diferente de muitos smartphones e tablets atuais, ele ajudará a você a não gastar a energia elétrica de sua casa e nem a fazê-lo perder tempo esperando seu carregamento todos os dias.

Como o Kindle Funciona?

Você pode comprar livros pela internet usando seu computador, celular, tablet ou, até mesmo, o próprio Kindle, estes livros estão presentes na loja Amazon, onde você encontra livros pagos e alguns, até, de graça!

Assim que você comprou o seu livro para Kindle, eles são enviados automaticamente aos dispositivos conectado à conta.

Para facilitar ainda mais, existe o Kindle Unlimited, que é uma plataforma streaming especializada em livros (tipo Netflix ou a Amazon prime, mas para livros!) com mais de 1 milhão de títulos.

Basta você pagar uma quantia pequena mensalmente para ter o direito a usufruir de todos os títulos presentes na plataforma, normalmente em torno de R$15, com os 03 primeiros meses gratuitos.

Aquele que possui um dispositivo também pode adicionar conteúdos em PDF ou em formato MOBI (que é um arquivo que pode ser adquirido em outras lojas).

MOBI é o formato exclusivo da Amazon desenvolvido para ser lido em seu dispositivo eletrônico, o Kindle, que lê também TXT e PDF sem proteção, além de HTML, DOC, DOCX, JPEG, GIF, PNG, BMP por meio de conversão), no navegador Kindle Cloud Reader.

O Kindle não é apenas um dispositivo que serve apenas para a leitura do seu livro em alguns formatos, ele também tem algumas funções que dão completude ao aparelhos deixando-o mais interessante.

É possível, por exemplo, fazer anotação, marcar páginas e até grifar trechos do livro.

Dá até para saber quanto tempo falta para você terminar de ler o seu livro favorito.

Quais são os modelos?

Não é a toa que o Kindle anda pegando moda e sendo um dos dispositivos preferidos mundialmente além do celular.

Pois, com suas funções superinteressantes, o Kindle acaba incentivando mais as pessoas a leitura, pois deixa essa atividade mais incrível.

No Brasil, na loja Amazon, há tres modelos de Kindle esperando pela sua compra: Kindle 10, Kindle Paperwhite e Kindle Oasis (2019).

O Kindle da 10 geração é a primeira opção para quem quer algo mais simples, mas que não deixa de ter o dinamismo que o dispositivo promete.

Modelo básico, porém o essencial para a maioria. (Foto: Amazon)

Ele armazena 4GB de livros e tem a tela iluminada.

Você encontra este modelo por menos de 400 reais.

Ver preço na Amazon.

O Kindle Paperwhite é um pouco mais caro (até 500 reais você encontra e compra um), mas oferece algo que o nosso anterior não oferece: ele é a prova d’água.

Com algumas funcionalidades a mais, e tamanho maior, vale o seu preço. (Foto: Amazon.com.br)

E ainda tem uma capacidade interna mais extensa como os modelos de 8 ou 32GB que você pode escolher.

Fora a sua resolução, que é nota 10 e dá um banho no Kindle anterior comentado.

Você pode ver o guia completo e nosso review do Paperwhite.

Ver preço na Amazon.

E o Kindle Oasis (2019) é o mais caro, pois, atualmente, é o mais moderno de todos trazendo uma tela maior que os dois primeiros modelos citados, botão para virar a página e uma boa mudança de tonalidade na iluminação.

Modelo mais caro da marca, com tudo que você imaginar. (Foto: divulgação/amazon)

Ele também é a prova d’água (igual o nosso segundo Kindle citado) e você leva um modelo desse por menos de 1000 reais.

A maior vantagem é seu tamanho e por ser mais fino, além de ter capacidade de armazenamento maior.

Ver preço na Amazon.

Onde comprar meus e-books para usar no Kindle?

A maior loja de e-books que se tem na história para se usar no seu Kindle é a própria Amazon.

Claro que existem várias outras lojas por aí, independente se são nacionais ou internacionais, mas se falarmos de uma loja que vende livros físicos transformados em livros eletrônicos, a especialista é a Amazon.

Curiosamente, o maior destaque além dos livros físicos transformados em livros eletrônicos da Amazon são os seus audiobooks, que são livros apenas auditivos feitos especialmente para deficientes auditivos.

Para quem é fã de leitura, como citado anteriormente, a Amazon oferece assinaturas em seus serviços como o Kindle Unlimited ou o Prime Reading.

O Kindle Unlimited é um acervo composto de mais de 1 milhão de livros que ficam totalmente a disposição dos assinantes para serem lidos de 30 em 30 dias ao renovar a assinatura mensalmente.

O Prime Reading tem um acervo menor em livros se compararmos com o Kindle Unlimited, mas a sua vantagem é que dentro de seu acervo há revistas como a Veja e a Superinteressante, e vem de graça quando assinado com a Amazon Prime.

Ele é um dos recursos inclusos no Amazon Prime, onde você consegue fazer as suas compras com fretes grátis e ainda tem o Video Prime com centenas de filmes legais para assistir.

Serviços da Amazon

Para que você tenha um dos dois serviços, basta escolher um dos dois e criar uma conta na Amazon incluindo o seu cartão de crédito.

As compras dos seus e-books serão adicionadas automaticamente no Kindle que deverá estar ativo com o mesmo login.

Login é uma abreviação para o termo em inglês “logging in”, que significa “se conectar”.

Ele é o resultado de várias credenciais que servem para identificar usuários de um site, rede social ou endereço eletrônico.

Essa identificação permite o acesso de um usuário a um site da web, e também concede a ele todas as autorizações necessárias para que modificações sejam feitas em sua conta.

Caso você não queira assinar nenhum desses dois serviços, poderá comprar livros avulsos e em promoções direto da Amazon ou da loja interna do próprio Kindle.

Se ficou alguma dúvidas, confere esse vídeo da Ali e Qui:

COMO COMPRAR LIVROS, QUANTO CUSTA, KINDLE VALE A PENA DE VERDADE?? | Alice Aquino

Curiosidades

Mesmo tendo seus tenros 10 anos, o Kindle já tem histórias para contar e vender!

É um dos dispositivos mais vendidos entre os fãs de leituras e possui funções que nenhum outro aparelho pode oferecer com tanta simplicidade e versatilidade.
Abaixo, segue algumas curiosidades sobre o Kindle:

  • O primeiro modelo foi lançado em 19 de novembro de 2007;
  • Em 2011, a Amazon lançou o Kindle Fire apenas nos EUA, um tablet com tela LCD colorida com um sistema operacional próprio. Foi um fracasso em vendas;
  • O Kindle contava com um teclado físico completo e um touchpad voltados para digitação e navegação até sua terceira geração;
  • O modelo mais simples passou 9 anos sem contar com iluminação da tela. A décima geração, no entanto, trouxe o recurso ao modelo;
  • A Lab 126 foi criada em 2004 com o objetivo de desenvolver produtos revolucionários para a Amazon O número “1” no nome do dispositivo é a letra “A” e o “26” representa a letra “Z” no alfabeto;
  • O primeiro codinome do aparelho era Projeto Fiona;
  • O Kindle 5, de 2012, foi o primeiro a chegar no Brasil.

Conclusão: Vale a pena comprar!

O Kindle é um dispositivo superinteressante, pois seria algo como “o livro do futuro”.

Basta ligar o aparelho que você terá em suas mãos uma gama praticamente infinita de livros para você ler a qualquer hora ou lugar.

Estamos acostumados a comprar ou pedir emprestado um livro para que possamos abri-lo com as mãos e ler.

Por isso, acabamos por colecionar inúmeros livros em nossa casa fazendo assim com que, às vezes, tiremos o espaço que podia ser usado para outra coisa.

O Kindle nos ajuda muito nessa hora, pois dá praticidade: você não precisa encher sua prateleira, sala ou quarto com dezenas de livros se pode armazená-los num dispositivo.

Fora que os livros do dispositivo Kindle estão livres das coisas ruins que podem vir com o tempo como o amarelado nas páginas ou até o mofo.

A única coisa ruim nessa história toda é que o Kindle não permite que você sinta o cheiro do livro (coisa que muitos amantes da leitura adoram!), mas permite que você tenha todo o estoque de livro que adora na palma de sua mão.

Facilita a leitura com a sua iluminação própria, contém funções para você marcar suas páginas e trechos e ainda dá conforto para a leitura não cansando as vistas.

Se você quer entrar para a modernidade sem deixar de ler um bom livro, adquira mesmo o seu Kindle por um preço especial na melhor loja do Brasil para esse dispositivo: a Amazon.

Comprar Kindle com desconto!

E boa leitura!

Aléxia Macêdo

Aléxia Macêdo, graduanda em Ciências Sociais, apaixonada por literatura e internet, escreve para o Eletro Críticas suas analises de lojas e produtos de confiança.

Deixe sua opinião sobre o artigo.

Deixe um comentário:

Receba agora seu guia: